Homem é preso suspeito de se passar por policial civil para abordar e subtrair veículos de vítimas

195

As diligências coordenadas pelo delegado Marco Aurelio Euzébio apontaram que o investigado e seus comparsas agiam se passando por policiais civis. Portando armas de fogo, distintivo, carteira funcional e algemas, os suspeitos abordavam as vítimas, realizavam busca pessoal e veicular e afirmavam que os veículos das vítimas estavam sendo utilizados na prática de crimes (homicídios, roubos etc). Eles “apreendiam” os veículos, celulares e dinheiro das vítimas e pediam que elas comparecessem na Delegacia no dia posterior para serem ouvidos sobre os fatos.

Com esse “modus operandi”, os criminosos teriam agido nos dias 18/03/2020 e 21/10/2020, quando subtraíram, respectivamente, um veículo GM/CELTA, cor preta, ano 2008, e um veículo GM/ASTRA GLS, cor azul, ano 1999. O último carro foi localizado por policiais civis da DERFRVA ontem (26), em uma chácara em Aragoiânia.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência de Gilmar, foram encontrados uma pistola, marca Taurus, modelo PT59, cal. 380, um simulacro de arma de fogo, algema e um distintivo com a inscrição “Agente de Segurança”.

A Polícia Civil acredita que o número de ocorrências com essas características possa ser maior do que foi identificado até o momento. Por isso, a imagem fotográfica de Gilmar Vieira será veiculada, haja vista o interesse público de que outras vítimas o reconheçam.