Homem suspeito de executar ex-companheiro em Goiânia é preso no TO

406

Um homem suspeito de ter matado o ex-companheiro em Goiânia com um tiro certeiro a uma distância de 15 metros, em setembro passado, foi preso nessa quarta-feira (12), na cidade de Colinas do Tocantins, após um trabalho de cooperação entre a Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), a Polícia Civil do Tocantins e a Polícia Civil do Ceará.

Jamilton Rodrigues da Silva, de 56 anos,  aparece em uma imagem de câmera de monitoramento executando Thiago da Silva Leonardo com um tiro de precisão, utilizando um revólver calibre .38. Segundo o delegado Dannilo Proto, responsável pela investigação, o preso é considerado de extrema periculosidade, principalmente pela alta capacidade de manusear armas de fogo.

Após a prática do homicídio, Jamilton fugiu para cidade de Aracati, no Ceará, onde se escondeu na casa de familiares, e no último mês foi para casa de um primo, morador da cidade de Colinas do Tocantins. “Este trabalho investigativo, bem como a prisão deste criminoso, só foi possível pelo compartilhamento de informações e um trabalho conjunto entre os policiais civis destes estados”, ressaltou o delegado.