Justiça Federal cede aeronave apreendida pela Polícia Civil em operação para uso do Estado de Goiás

555

O juiz federal João Moreira Pessoa de Azambuja, da 11ª Vara Federal Criminal de Goiânia, deferiu pedido do Estado de Goiás para utilização da aeronave Cessna Aircraft, prefixo PT-STK. O pedido foi formulado pelo Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, a fim de evitar a deterioração da aeronave e possibilitar seu uso por parte do Estado e pela Polícia Civil goiana em suas atividades investigatórias.

Na decisão, o magistrado destacou que a guarda da avião poderia levar a graves danos e perda do valor econômico, o que pode ser evitado com a entrega do bem para uso do Estado, que possui estrutura adequada para realizar a manutenção necessária na Aeronave.

A aeronave, um jato executivo da marca Cessna, modelo Citation, foi apreendida em agosto de 2019, no bojo da Operação Icarus, desencadeada pelo Grupo Antissequestro (GAS), da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). A complexa investigação policial durou seis meses e desvendou grande esquema de uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de capitais.

A Operação Icarus resultou na prisão de seis pessoas, entre as quais comum dos chefes da organização criminosa, um holandês radicado no Brasil, que morreu no presídio de Planaltina de Goiás. Além disso, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão. Ao todo, foram apreendidos duas aeronaves, um helicóptero, 11 veículos de luxo e R$ 571 mil.