Neto é preso após aterrorizar psicológica e fisicamente seus avós, em Anápolis

86

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai), junto ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, deu seguimento à Operação VETUS II, nesta quarta-feira (27), que visa apurar denúncias de crimes contra idosos, recebidas nos canais oficiais.

Nesta ocasião, foi preso em flagrante um homem de 28 anos, por invadir o domicílio, discriminar, humilhar, ameaçar, maltratar e lesionar o avô, de 82 anos, que também é cego. Conforme as investigações, o autuado vivia às custas da vítima, usando terror psicológico para evitar ser denunciado.

Além do idoso, o autor também responderá pelos crimes praticados contra a avó, uma idosa de 72 anos, internada em estado grave no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana), após intermediar uma brigada entre o autuado e outro usuário de drogas.

Segundo informações, as vítimas, de baixa renda, já pagaram mais de R$ 46 mil para custear a defesa do autuado em outros processos criminais do qual é réu, a maioria por crimes contra os próprios idosos.