Operação Adamantiun prende três suspeitos de furto de etanol em distribuidoras

566

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR), em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu, na noite dessa quinta-feira (16), três indivíduos envolvidos em subtrações de carregamentos de combustíveis durante a Operação Adamantiun. As prisões ocorreram em razão de investigação efetivada após o aumento de furtos de etanol em bases distribuidoras localizadas em Senador Canedo e no Jardim Novo Mundo, Goiânia.

Dois dos autuados já haviam sido presos na segunda fase da Operação Líquido Dourado, em 2018, sendo ambos chefes de uma robusta e estruturada organização criminosa especializada em roubos e furtos de carregamentos de combustíveis. Os investigados tinham por prática cooptar motoristas para entregar as cargas e depois registrar as ocorrências como se  fossem roubadas.

Na oportunidade, foi recuperada uma carga de 50 mil litros de etanol, avaliada em quase R$ 80 mil, o caminhão transportador e o automóvel utilizado como batedor. O motorista também foi preso e autuado pelo crime de furto mediante fraude e abuso de confiança.