Operação Cooptação 2: DERFRVA prende advogada envolvida em furto de veículo na Central de Flagrantes

452

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), encerrou na data de hoje (13), a Operação Cooptação 2, no intuito de cumprir medidas cautelares expedidas em desfavor de investigados pela prática do crime de organização criminosa voltada para a subtração de veículos.

Durante as investigações, que se iniciaram no ano de 2019, apurou-se que a organização criminosa era chefiada por um reeducando do sistema prisional responsável pela determinação da prática de roubos de veículos e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, para, posteriormente, serem utilizados no tráfico de drogas.

Foram identificados 05 roubos de veículos em Goiânia e nas cidades limítrofes, 01 roubo a um estabelecimento comercial e 01 de um veículo em Brasília, que, posteriormente, foi recuperado em Goiânia, mas furtado no pátio da Central de Flagrantes pelo grupo criminoso.

Apurou-se que uma das suspeitas de integrar a organização criminosa é uma advogada. Essa investigada é suspeita de ter efetivamente participado dos roubos e do furto do veículo ocorrido na Central de Flagrantes.

Foram cumpridos 06 mandados de prisão preventiva, sendo 05 em Goiânia e 01 em Uberlândia, além de 04 mandados de busca e apreensão, sendo 03 na capital e 01 na cidade de Pirenópolis. Nesta cidade, inclusive, os policiais civis localizaram um carrinho de picolé roubado na mesma ocasião em que um veículo foi subtraído. As diligências contaram com a participação dos policiais civis da Delegacia de Pirenópolis e da Polícia Civil de Minas Gerais.