Operação da Polícia Civil combate comercialização de motocicletas ilegais

196

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DERFRVA), deflagrou nessa quinta-feira (10), a Operação “Combate às Imbiras”. Três suspeitos de comprar motocicletas como sucatas em leilões para falsificar placas e, em seguida, revendê-las como se fossem legais. Além das prisões, os policiais também cumpriram 20 mandados de busca e apreensão em lojas de Aparecida de Goiânia. Durante a ação, mais de 40 veículos foram apreendidos.

Segundo o delegado Paulo Ludovico, adjunto da DERFRVA, a suspeita é que alguns comerciantes de Aparecida de Goiânia estariam adulterando motos compradas como sucatas em leilões. “Como já foram baixadas no Detran, estas motos não podem rodar mais e são vendidas nos leilões apenas para que os compradores aproveitem uma ou outra peça. Só que nós descobrimos que tem gente encomendando placas, suprimindo o número de identificação do chassi e revendendo estes veículos como se fossem legais”, destacou.

As motos apreendidas, ainda de acordo com o delegado, já foram encaminhadas para a perícia e, posteriormente, serão levadas ao Detran para identificar se há, entre esses veículos, algum registro de roubo ou furto. “Caso alguma delas tenha ocorrência de furto ou roubo, aí sim quem estava com ela ou o dono de uma das lojas em que as apreendemos, irá responder por receptação”, concluiu o adjunto da DERFRVA.