Operação Elo Criminal: em desdobramento da investigação, Polícia Civil cumpre mais três prisões

119

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Roubos (GARRA), núcleo pertencente à Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), dando continuidade às investigações decorrentes da Operação Elo Criminal, prendeu em flagrante dois indivíduos pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas ilícitas e posse ilegal de arma de fogo. Também foi cumprido mandado de prisão temporária em desfavor do último foragido da referida operação. As prisões ocorreram em dias e locais distintos.

O primeiro indivíduo foi preso no Parque Eldorado Oeste enquanto armazenava cerca de 500g de “maconha”, a mando e na residência pertencente a outro investigado na operação, que já se encontra preso na CPP de Aparecida de Goiânia.

A segunda prisão ocorreu no município de Sanclerlândia, interior goiano, sendo encontrada uma arma de fogo, calibre .38, com 12 munições, na posse de Adair José Ferreira da Silva (39 anos), vulgo “pé de cachorro”, razão pela qual foi atuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Adair José Ferreira

Pelas informações preliminares, essa arma de fogo possivelmente foi utilizada no homicídio perpetrado contra Joab Pinto do Nascimento e na tentativa de homicídio de Ailton Ribeiro de Souza, mas a confirmação dependerá de perícia de confronto microbalístico, que será realizada, nos próximos dias, pela Polícia Técnico-Científica.

Contra Adair José existia um mandado de prisão definitivo pela prática do delito de organização criminosa, expedido de pela 2ª Vara de Execuções Penais de Goiânia, o qual foi devidamente cumprido.
O terceiro indivíduo foi preso no Jardim Colorado, região Noroeste de Goiânia, pelo envolvimento em crimes de tráfico, associação para o tráfico e estelionato. Com a conclusão das diligências, os inquéritos policiais serão encaminhados ao Poder Judiciário nos próximos dias.