Operação Golpe da Maçã: GREF/DEIC prende jovem investigado por fraude eletrônica na venda de celulares em rede social

288

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), em ação integrada com a Polícia Civil do Amazonas, cumpriu nesta quinta-feira (12), mandado de prisão preventiva pelo delito de estelionato mediante fraude eletrônica. A Operação Golpe da Maçã prendeu um homem de 18 anos que, nos últimos quatro meses, aplicou golpes contra vítimas de diversas cidades brasileiras, sobretudo em Manaus (AM), causando-lhes um prejuízo de aproximadamente R$ 6 mil.

No caso em questão, os criminosos criavam contas no Instagram, algumas com dezenas de milhares de seguidores, para anunciar aparelhos celulares da marca Iphone por preço com desconto, geralmente cerca de 30% a 40% abaixo do valor de mercado. Induzidas pelo preço convidativo, as vítimas acenavam pelo interesse em concretizar a compra, momento no qual os criminosos indicavam uma conta para depósito. Depositado o valor combinado, eles cessavam qualquer tipo de contato com a vítima e não entregavam o produto.

Com esse modus operandi, pelo menos sete pessoas foram vítimas no Estado do Amazonas, sendo que os beneficiários das quantias do golpe residem em Goiânia.

A prisão foi decretada pelo Poder Judiciário amazonense, após representação da autoridade policial responsável pelo caso naquele estado (19º Distrito Policial). Após o recebimento das informações por parte da delegada responsável, os investigadores do GREF/DEIC iniciaram as buscas pela identificação e localização do suspeito, tendo a captura dele ocorrido no Jardim Curitiba. O investigado responderá por estelionato, praticado por seis vezes, estando agora recolhido na unidade prisional.