Operação Hermes: Polícia Civil prende suspeitos de roubo e receptação de celulares subtraídos de hipermercado em Anápolis

186

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Anápolis, deflagrou nessa quinta-feira (03) a Operação Hermes que soluciona mais um caso de roubo a estabelecimento comercial na cidade de Anápolis.

No dia 26 de janeiro deste ano, três indivíduos entraram no Hipermercado Carrefour, renderam os funcionários e roubaram aproximadamente R$ 500 mil em aparelhos celulares. Portando armas de fogo, subtraíram os celulares e, com a ajuda de um quarto indivíduo, que esperava do lado de fora, fugiram para o Distrito Federal. Bastante violentos chegaram a ferir uma das vítimas na cabeça com uma coronhada.

Ao tomar conhecimento do fato, a equipe do Gepatri se empenhou em encontrar os suspeitos do roubo, realizando diversas investigações no sentido de localizar os autores e também os receptadores dos aparelhos roubados. Após todo o material investigativo colhido com a definição da autoria, o delegado Daniel Nunes Guimarães, Titular do Gepatri na época dos fatos, representou pela prisão e busca e apreensão a fim de concluir o inquérito policial instaurado.

Ontem os policiais civis deflagraram a Operação Hermes para cumprir quatro mandados de prisão em desfavor dos autores roubo e um mandado de prisão em desfavor do principal receptador. A operação cumpre ainda seis mandados de busca e apreensão referentes ao caso em Ceilândia (DF), Águas Lindas (GO) e Valparaíso-(GO).