Operação Robauto desarticula organização criminosa especializada no furto, roubo e desmanche de veículos automotores

314

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), após o recebimento de informações do Batalhão de ROTAM, da Polícia Militar, iniciou investigação policial e, por meio de diversas diligências, identificou os integrantes de uma organização criminosa responsável por uma série de roubos e furtos de veículos automotores, que eram prontamente desmanchados, sendo as peças destinadas ao abastecimento do “mercado negro” na região da Vila Canaã, em Goiânia.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que o grupo criminoso foi responsável pelas subtrações armadas dos veículos: VW/GOL 1.0, cor branca, na tarde de 16/03/2020, no setor Eli Forte, Goiânia; do veículo ONIX, cor cinza, em 15/04/2020, no setor Jardim Bonança, Aparecida de Goiânia; do veículo TOYOTA HILUX, cor branca, no dia 02/05/2020, no setor Araguaia Park, Goiânia; e do furto do veículo SAVEIRO, cor branca, em 30/05/2020, no setor Solange Park 2, Goiânia.

Um dos integrantes do grupo também foi responsável pelo roubo seguido de morte (latrocínio), na manhã do dia 12/05/2020, no setor Residencial Beatriz Nascimento, em Goiânia. A vítima foi morta com um disparo de arma de fogo nas costas, sendo a intenção do autor subtrair sua motocicleta.

Assim, foi deflagrada nessa terça-feira (02) a Operação Robauto, durante todo o dia, nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Abadia de Goiás. Foram cumpridos 07 mandados de prisão preventiva, 02 mandados de prisão temporária, 07 mandados de busca e apreensão em imóveis utilizados pelo grupo criminoso e lojas no setor Canaã.

No total, foram presos 09 indivíduos, dentre eles roubadores, receptadores, latrocida e empresários da região da Canaã. Os policiais também apreenderam 01 veículo GOL, produto de roubo, com os sinais identificadores adulterados, usado na abordagem às vítimas; 01 caminhonete utilizada no transporte das peças produtos de crime; 02 armas de fogo, tipo revólver, e 02 bloqueadores de sinais (JAMMER).

Por fim, os investigados, na medida de suas responsabilidades, responderão pelos crimes de organização criminosa armada, latrocínio, roubos majorados, furto qualificado, receptação e adulteração de sinais identificadores de veículos automotores.

As imagens dos presos estão sendo divulgadas para que outras vítimas possam reconhecer os indivíduos envolvidos nos roubos de veículos.