Operação Sarcófago: DIH prende suspeitos de morte de jardineiro

295

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), realizou, nesta terça-feira (17), a Operação Sarcófago. Na oportunidade, foram presos cinco investigados pelo homicídio do jardineiro José Rodrigues Frois Neto, ocorrido em 14 de fevereiro de 2009, no Setor Balneário Meia Ponte, em Goiânia.

A princípio, o crime foi tipificado como latrocínio, uma vez que, para desviar a atenção dos investigadores, o carro da vítima foi levado pelos autores. Vítima e investigados trabalhavam no Cemitério Jardim das Palmeiras.

De acordo com as investigações, o crime teve por motivação algumas dívidas contraídas pela vítima com os investigados. Apurou-se, ainda, que a execução foi encomendada, à época, pela Presidente da Associação dos Jardineiros do Cemitério Jardim das Palmeiras.