PC e PM prendem suspeitos de matar e enterrar corpo da vítima no quintal de casa, em Goiânia

262

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), em conjunto com a Polícia Militar do Estado de Goiás (Batalhão de Rotam), prenderam em flagrante ontem (1º) três indivíduos por suposto envolvimento no homicídio da vítima Thiago Vasconcelos da Silva. Foram presos Eduardo Kennedy Lisboa de Calvares, Cristiano Lacerda e Patrick Fernando Ramos. Segundo a investigação, os três mataram a vítima mediante facadas durante uma festa que acontecia na casa de Eduardo. Depois de matá-lo, enterraram o cadáver nos fundos do quintal da casa de Eduardo, no setor Estrela Dalva, em Goiânia. O homicídio teria ocorrido no dia 27 de março deste ano, mas somente ontem o corpo foi encontrado por policiais militares em uma cova de aproximadamente 2 metros de profundidade.

O motivo do homicídio teria sido o fato de a vítima ter dívidas não pagas e ter ‘mexido com a mulher do Eduardo’, além de outros problemas de relacionamento narrados por testemunhas. Os presos foram autuados por ocultação de cadáver e por homicídio qualificado. A divulgação da identificação dos presos foi precedida nos termos da Lei nº.13.869/2019, portaria nº 547/2021 – PC, despacho do delegado responsável pelo inquérito, fundamentada na possibilidade de surgimento de testemunhas que auxiliem no esclarecimento do crime em tela.