PC prende mulher envolvida em golpe contra juíza do Trabalho

220

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC) prendeu em flagrante, na tarde de 26 de agosto, uma mulher que se passou pela irmã de uma juíza de Minas Gerais, e solicitou um depósito de R$ 7.850 para a vítima.

Trata-se de crime de estelionato mediante fraude eletrônica. No caso em questão, os criminosos entraram em contato a juíza, via aplicativo de mensagens, utilizando a fotografia de sua irmã no perfil do número de Whatsapp, solicitando o PIX do valor mencionado, sob o argumento de ter que realizar um pagamento.

Desconfiada do pedido, a vítima entrou em contato com sua irmã, descobriu a farsa e noticiou o crime à Polícia Civil goiana.

De pronto, as equipes do GREF/DEIC fizeram os levantamentos necessários para localizar a autora do golpe, uma mulher de 24 anos, acabando por capturá-la no Setor Jardim Buriti Sereno, Aparecida de Goiânia.

A mulher confessou a participação no crime. A autuada foi recolhida ao Presídio e após a comunicação de sua prisão, passará à disposição da Justiça.