PCGO conclui investigação de latrocínio contra idoso

64

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais e seu Grupo de Repressão a Roubos/Latrocínio (DEIC/GARRA), concluiu a investigação que apurou um crime de latrocínio ocorrido em 08 de março de 2018, na região central de Goiânia, contra uma vítima de 69 anos de idade.

Na ocasião, um indivíduo de 31 anos de idade, dependente químico, utilizou-se do acesso que tinha à residência, por ser amigo do filho da vítima, e decidiu subtrair o veículo da vítima para negociá-lo por droga. Para tanto, atingiu a vítima com uma pedra recolhida no jardim da casa, causando-lhe graves ferimentos, os quais provocaram a morte do idoso ainda no local.

De acordo com as investigações, a vítima estava dormindo quando sofreu a agressão. Em seguida, o indivíduo apoderou-se do veículo da vítima e fugiu do local, abandonando o carro em seguida, por problemas mecânicos.

Imediatamente, teve início a investigação policial visando elucidar o crime, a qual chegou à identificação do suspeito. A autoridade policial, então, representou pela prisão temporária do investigado, com pronto deferimento judicial, a qual foi cumprida dia 19/08/2021, na Cidade de Alto Paraíso de Goiás. Atendendo a pedido policial, a prisão foi prorrogada.

Após a detenção do suspeito, várias outras diligências foram realizadas, as quais subsidiaram, nesta quarta-feira (06), a coleta de elementos probatórios suficientes para a comprovação da participação do indivíduo no crime.

Os autos do inquérito policial serão encaminhados ao Poder Judiciário com pedido de prisão preventiva do indiciado, o qual possui vários outros registros por crimes contra o patrimônio.