PCGO e Procon fazem ação de fiscalização em preços dos postos de combustíveis

202

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), em ação conjunta com o Procon Goiás, empreendeu diligências, na manhã desta sexta-feira (09), com o intuito de inspecionar possíveis abusos de preço no repasse dos combustíveis por parte dos postos.

A fiscalização se faz necessária tendo em vista os novos aumentos nos preços dos combustíveis em todo o país. Os proprietários dos postos terão que comprovar que os valores praticados tem justificativa em face do mercado.