PCGO prende investigado por receptar caminhonete roubada e praticar outros crimes

69

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), com apoio da equipe de policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Água Boa (MT), deu cumprimento, na sexta-feira (07), no município de Água Boa (MT), ao mandado de prisão preventiva de Warley José de Assis, suspeito da prática dos crimes de receptação e adulteração da caminhonete Toyota Hilux CD 4×4 SRV, cor prata, a qual estava com chassi e motor adulterados e placas clonadas. O veículo foi roubado no município de Primavera do Leste, também Mato Grosso, em 2020.

Apurou-se que, na data de 19 de abril de 2021, em Goiânia, Warley José vendeu a caminhonete adulterada, marca Toyota, modelo Hilux, CD 4×4 SRV, para o investigado Thiago Rodrigues de Oliveira, tendo entregue para ele vários documentos falsificados referentes à mencionada caminhonete cuja placa havia sido ‘clonada’. Posteriormente, em 30 de maio do ano passado, por volta das 16h14, na Avenida Vicente Rodrigues, Residencial Buena Vista IV, Goiânia, Thiago Rodrigues conduziu, em proveito próprio, a caminhonete Toyota Hilux CD 4×4 SRV, cor prata, roubada, sabendo ser produto de roubo circunstanciado, ocasião em que foi abordado por policiais. No momento da abordagem, Thiago fez uso de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo e Certificado de Registro de Veículo, todos falsificados e referentes a caminhonete cuja placa havia sido ‘clonada’, repassados por Warley.

Após diversas diligências, dentre elas a realização de exames periciais de identificação veicular nas duas camionetes (roubada do Mato Grosso e aquela que teve a placa ‘clonada’ em Goiás), autenticidade de placas, documentoscópico e pesquisas dos documentos apreendidos, foi solicitado ao Poder Judiciário a prisão preventiva do suspeito Warley José de Assis. O investigado Thiago Rodrigues de Oliveira já havia sido preso anteriormente, dia 15 de dezembro de 2021, pela DERFRVA.

A vítima proprietária da caminhonete Toyota Hilux CD 4×4 SRV, cor prata, roubada no estado do Mato Grosso, não tinha seguro e teve seu veículo restituído pela Delegacia Especializada. A imagem e qualificação do suspeito está sendo divulgada em razão da primazia do interesse público sobre o particular, no caso em questão, tendo em vista ser possível que o investigado tenha participado de outros crimes. Este fundamento encontra-se em conformidade com os ditames da Lei nº 13.869/2019 e Portaria nº 547/2021 – PCGO, de acordo com despacho do delegado de polícia responsável pelo inquérito policial.