PCGO prende no Pará investigado por alugar e vender carros de locadoras

70

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DERFRVA), com apoio da Polícai Civil do Pará, cumpriu, no dia 5 de julho, mandado de prisão preventiva em desfavor de Eriberto Mendes da Silva, suspeito de ter se apropriado indevidamente de veículos de locação para vendê-los a terceiros de boa fé.

Eriberto teria feito dezenas de vítimas, após se apropriar de veículos de empresas de locação de veículos e de pessoas físicas. De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Marco Aurélio Euzébio, o indiciado demonstrava interesse no aluguel do carro, alegando que utilizaria o veículo para trabalhar como motorista de aplicativo de transporte privado de passageiros. Posteriormente, ele conseguia vender o veículo.

Após várias vítimas registrarem ocorrência contra Eriberto, a autoridade policial representou pela prisão do suspeito, que estava foragido desde maio de 2019. Após trabalho investigativo e compartilhamento de informações com a Polícia Civil do Pará, ele foi localizado e preso em Breu Branco-PA, onde estava homiziado. Eriberto é investigado também pela Polícia Civil de Alagoas, onde praticou crimes com o mesmo modus operandi.