Polícia Civil conclui nos próximos dias inquérito sobre homicídio acidental de cantor sertanejo

370

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), informa que o suspeito pela morte de Diego Souza Sá (28 anos), atingido por disparo de arma de fogo no interior de um lava jato, no Setor Leste Vila Nova, na última terça-feira (13), apresentou-se na sede da DIH ontem (15).

O suspeito, de 37 anos, foi interrogado e confirmou ser o proprietário da arma de fogo utilizada no evento e alegou ter disparado de forma não intencional. Na ocasião, ele exibiu a suposta arma de fogo, que foi encaminhada para realização de perícia.

De acordo com os elementos de informação já colhidos, a principal linha de investigação é de que tenha havido homicídio culposo por parte do investigado, por ter agido de forma não intencional, porém imprudente, ocasionando a morte da vítima. O inquérito policial será finalizado já nos próximos dias.