Polícia Civil descobre que homem desaparecido foi morto pela ex-mulher e comparsas

569
Marcelo Oliveira, vítima

A Polícia Civil prendeu uma mulher suspeita de tramar a morte do ex-marido com o atual namorado, em Goiânia. Também foram detidos o companheiro dela e dois motoristas, investigados por participar do crime por R$ 5 mil. Segundo o delegado Thiago Martimiano, titular do Grupo Antissequestro (GAS), coordenador das investigações, a vítima Marcelo Oliveira estava como desaparecida, mas foi assassinada no último dia 25 de março e teve o corpo parcialmente carbonizado.

De acordo com as investigações, Kelley Ramos Fernandes de Oliveira morava na mesma casa da vítima, situada no Setor Balneário Meia Ponte, região norte de Goiânia. “Eles já haviam se separado, mas continuavam morando no mesmo lugar, dormindo em quartos separados”, explicou o delegado. A mulher teria tramado a morte da vítima em conluio com o atual namorado, Sebastião Jahnsen Mendes Pimentel, que residia nos Estados Unidos quando conheceu Kelley, pela internet.

Em visita de Jahnsen ao Brasil, ele e Kelley contrataram Luis Fernando dos Santos e Maitherson Oliveira Silva, para que ajudassem na concretização do plano. No dia 25 de março, os três homens foram recebidos por Kelley na residência. No interior da casa, eles teriam espancado Marcelo até que ele perdesse a consciência. Depois o enrolaram em um lençol e o colocaram no porta-malas do veículo, levando-o até uma estrada rural entre Ouro Verde e Damolândia.

Martimiano conta que, neste momento, Sebastião percebeu que a vítima apresentava sinais vitais. “Aí ele pegou uma faca e golpeou Marcelo várias vezes, além de exclamar que queria ficar vendo a vítima morrer”, relata o delegado. Na sequência, o trio voltou à Goiânia e se encontrou com Kelly no estacionamento de um supermercado, onde a dupla contratada recebeu um total de R$ 5 mil pelo trabalho.

A motivação apurada para o crime é passional e matrimonial, já que Kelley queria ficar com o imóvel em que morava com o ex-marido. Além disso, a mulher alega que Marcelo era agressivo e atrapalhava seu relacionamento com o atual namorado.