Polícia Civil e Polícia Militar prendem investigados de furto a banco em Águas Lindas

413

A Polícia Civil, por meio do GAB – Grupo Antirroubo a Banco/DEIC -, em operação integrada com a Polícia Militar, prendeu cinco suspeitos de participar de uma organização criminosa que furtou uma agência bancária em Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal, na madrugada do último domingo (28).

Os presos, oriundos do Mato Grosso e Rondônia, foram encontrados em um condomínio residencial no Jardim Itaipu, em Goiânia, na madrugada de quarta-feira (31). No apartamento, a equipe coordenada pelo Dr. Fabrício Flávio, chefe do GAB/DEIC, localizou R$ 56 mil, 16 munições calibre 32, diversos cartões bancários, comprovantes de depósito, um caderno com anotações de depósito e 4 aparelhos celulares. Também foram apreendidos equipamentos utilizados no furto à agência, tais como, furadeira de alto impacto, alavanca e esmerilhadeira. Ainda foram apreendidos 3 carros e uma moto.

Segundo as investigações, dois homens entraram na agência através de um lote baldio na madrugada do último domingo. Eles quebraram uma sala que dá acesso ao cofre e desativaram o alarme. Para retirar o dinheiro foram utilizadas furadeira de alto impacto, alavanca e esmerilhadeira. Os homens conseguiram fugir com a ajuda de um terceiro que estava em um carro do lado de fora da agência. “Agora vamos apurar a extensão desse grupo. Ainda vamos tentar realizar os bloqueios dessas quantias que foram disseminadas nessas outras contas. Com a apreensão, pelo menos desse veículo e dessa quantia, o banco vai ter ressarcido parte do prejuízo que teve”, pontuou o delegado Fabrício Flávio.