Polícia Civil identifica associação criminosa especializada em furtos em apartamentos de alto padrão

321

A Delegacia Estadual de Investigações Criminais, por meio do Grupo de Repressão a Roubos – GARRA/DEIC, identificou uma associação criminosa especializada em cometer furtos em apartamentos de alto padrão. A associação em comento é originária da cidade de São Paulo-SP e suspeita da prática dos referidos crimes em diversos estados.

De acordo com as investigações, no dia 24 de setembro do ano passado, os suspeitos vieram para Goiânia, onde conseguiram acesso ao interior de um condomínio de alto padrão no Nova Suiça e, no apartamento da vítima, subtraíram joias avaliadas em aproximadamente R$ 200 mil, vários objetos valiosos como perfumes e relógios, além da quantia em espécie de R$ 6 mil.

Para acessarem o interior dos condomínios, basicamente, os suspeitos se vestiam de acordo com o padrão do local e se passavam por moradores, enganando os porteiros, que liberavam o acesso. Já nos apartamentos, eles arrombavam a porta e subtraíam diversos bens valiosos. Um dos suspeitos, Kauan de Freitas Nunes de Souza (foto à direita), está preso à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Goiânia. Outros dois suspeitos se encontram foragidos e, tão logo sejam localizados, serão presos, de modo que deverão responder pelos crimes praticados.

A identificação desse grupo criminoso representa uma solução não só para os casos praticados em Goiânia, mas em outras unidades da federação.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, Portaria nº 02/2020 – PC e Despacho do Delegado de Polícia responsável pela investigação, especialmente porque os autuados são suspeitos de praticarem diversos furtos e roubos a residências, a divulgação de suas imagens podem auxiliar na captura dos foragidos e no surgimento de novas vítimas que fizerem os seus reconhecimentos.