Polícia Civil identifica e procura autor de roubo e tentativa de estupro em salão de beleza; mulher pulou da sacada para fugir do autor

389

A Polícia Civil de Goiás realiza diversas diligências para cumprir o mandado de prisão preventiva de um investigado por roubo e tentativa de estupro. As buscas são feitas pela equipe da 2ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Goiânia com apoio dos policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), 22ª Delegacia Distrital e 1ª Deam. Os policiais procuram por Felipe Lopes Maia, 22 anos, suspeito de ter roubado e tentado estuprar duas mulheres em um salão de beleza no setor Parque Oeste Industrial, na manhã do dia 29 de janeiro deste ano, em Goiânia.

Após inúmeras diligências e elementos de informação, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, medida deferida pelo Poder Judiciário.  O investigado já possui antecedentes criminais por roubo. Desde então ele vem sendo procurado, mas já é considerado foragido, encontrando-se em local desconhecido. Qualquer informação que a população tiver sobre seu paradeiro, pode ligar no 197, disque-denúncia da Polícia Civil.

A delegada responsável pelo inquérito apurou ainda, na mesma investigação, uma tentativa de roubo contra uma adolescente, ocorrida minutos antes, nas imediações do salão, e concluiu que se trata do mesmo autor. A delegada espera ouvir, em breve, a vítima que pulou do primeiro andar e se machucou gravemente, desejando que ela tenha uma plena recuperação.