Polícia Civil prende casal por suspeita de fraude em compras com cartão de crédito

275

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu em flagrante, no bairro Alto da Glória, nas proximidades de um shopping center, em Goiânia, na noite dessa quarta-feira (10), um casal pela suspeita do crime de estelionato, na modalidade compra com cartão de crédito com dados de terceiros.

A notícia do crime chegou aos investigadores através da vítima, de 35 anos, que atua na venda de perfumes e cosméticos, a qual relatou que, em dois dias seguidos, realizou venda de produtos por meio da internet e que, na última venda, obteve retorno da operadora do cartão estornando o pagamento por suspeitas de fraude.

Após algumas diligências, os policiais identificaram uma suspeita e, com a informação de que havia ainda uma entrega de objetos a ser realizada, conseguiram interceptar a entrega e realizar a prisão da mulher identificada (19 anos) e de seu namorado (27 anos). Ambos confessaram ter adquirido os produtos com dados de cartão de crédito de terceiros, alegando ter adquirido os dados por meio da internet.

O GREF/DEIC, em contato com a operadora do cartão, identificou que o titular dos dados utilizados era um idoso já falecido há alguns anos. O casal foi autuado pela prática do crime de estelionato e recolhidos à Central Geral de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão (CGFPAC), à disposição da Justiça. As investigações continuam para identificar o vendedor dos dados e novas prisões ainda podem acontecer.