Polícia Civil prende em flagrante associação criminosa suspeita de furto de gado em Mara Rosa

572

A Policia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR) – com apoio investigativo da Delegacia Regional de Goianésia, e apoio logístico da Delegacia de Polícia (DP) de Itapaci e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/GT3) -, efetuou três prisões em flagrante delito. Os suspeitos foram presos pelos crimes de furto de semoventes, receptação e associação criminosa, nessa segunda-feira (28). De acordo com a investigação, eles furtaram 34 cabeças de gado no município de Mara Rosa, na madruga de domingo pra segunda-feira (28).

Duas vacas foram encontradas mortas e abandonadas na estrada em razão da superlotação do caminhão. Na ocasião das prisões, os policiais civis apreenderam com os suspeitos um caminhão boiadeiro, uma arma de fogo e valores em espécie. As investigações prosseguem. A associação criminosa é investigada pela prática de outros crimes rurais no Estado. O líder da associação, o caminhoneiro e receptador foram encaminhados ao presídio e colocados à disposição do Poder Judiciário. O gado recuperado foi localizado em Trindade.