Polícia Civil prende em flagrante homem envolvido em golpe contra médico de Minas Gerais; tentativa foi feita mediante uso do PIX

198

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu em flagrante, na tarde dessa terça-feira (15), um homem que se passou por um médico do interior de Minas Gerais e solicitou um depósito de aproximadamente R$ 5 mil para os parentes da vítima.

Trata-se de crime de estelionato tentado. No caso em questão, os criminosos entraram em contato com o pai do médico, via aplicativo de mensagens, utilizando a fotografia da vítima no perfil do número de Whatsapp, solicitando o PIX do valor mencionado, sob o argumento de ter que fazer um pagamento urgente. O autor enviou a chave PIX, que corresponde ao código PIX de um terceiro.

Desconfiado do pedido, o pai da vítima entrou em contato com seu filho, que estava em viagem de férias, a fim de confirmar a veracidade do pedido, ocasião em que descobriu toda a farsa e noticiou o crime à Polícia Civil.

De pronto, as equipes do GREF/DEIC fizeram os levantamentos necessários para localizar o autor do golpe, um homem de 31 anos, acabando por capturá-lo no Setor Jardim Atlântico, em Goiânia. O homem confessou a participação no crime.

O autuado foi recolhido ao presídio e, após a comunicação de sua prisão, passará à disposição da Justiça. Já o inquérito policial deve ser concluído em 10 dias.