Polícia Civil prende homem que se passava por entregar de comida por aplicativo para traficar drogas

187

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Luziânia, prendeu nessa terça-feira (25) um homem que se disfarçava de entregador do aplicativo Uber Eats para entregar drogas na cidade. Após troca de informações com a 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Luziânia, o Genarc identificou e monitorou o falso entregador de aplicativo. Durante a investigação, foi registrado intenso movimento de pessoas na residência e várias saídas do investigado em sua motocicleta com uma caixa de entregas da Uber Eats.

A investigação policial apurou que o homem saia com a caixa de entregas, mas não buscava encomendas em restaurantes para serem entregues. Diante da suspeita de que ele estaria utilizando a caixa do aplicativo como disfarce para entregar drogas, os policiais do Genarc, com apoio da 1ª DDP, o abordaram e com ele foi encontradA uma porção de maconha dentro da caixa verde, característica do aplicativo de entrega de comida Uber Eats.

Na casa do investigado, foram encontradas mais porções de maconha, porções de crack, balança de precisão e valor em dinheiro. O falso entregador foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e recolhido na unidade prisional de Luziânia à disposição da Justiça.