Polícia Civil prende maiores e menor suspeitos de homicídio em Luziânia; crime foi solucionado em menos de 24h

108

Os policiais civis dos grupos de Repressão a Narcóticos (Genarc) e de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, com apoio de policiais da DEPAI/DPCA e GEPATRI, prenderam em flagrante três envolvidos em homicídio ocorrido na manhã do mesmo dia. A prisão ocorreu nessa terça-feira (04).

Na manhã de ontem, a vítima Germeson Rego Lemos foi assassinada em sua residência, situada no bairro Jardim Zuleika, em Luziânia. Pelas informações preliminares, quatro indivíduos, um deles menor de idade, praticaram o homicídio mediante facadas e pauladas.

O motivo do crime seria uma rixa familiar envolvendo o filho da vítima e os autores. Após tomar parte nas discussões, ocorrida durante a madrugada e na manhã, Germeson acabou sendo assassinado.
Durante a tarde do mesmo dia, policiais do GIH compareceram à região onde o crime ocorreu, inquiriram testemunhas e identificaram os autores. Durante a tarde, policiais do GENARC encontraram os suspeitos se preparando para fuga, momento em que foi realizada a abordagem. Ao chegar à delegacia, as testemunhas reconheceram prontamente todos os detidos como autores do homicídio.

Todos foram autuados pela prática de homicídio qualificado e corrupção de menores, enquanto o adolescente foi autuado por ato infracional análogo à homicídio. Os autuados foram recolhidos ao CPP de Luziânia e o adolescente foi recolhido em Cidade Ocidental, onde permanece à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

Um dos suspeitos permanece foragido. Trata-se de Ramon Palmeira de Sousa, indivíduo que, segundo as testemunhas, estaria em poder da faca utilizada no crime. Quem tiver informações sobre seu paradeiro, pode encaminhar a denúncia pelo telefone 197, da Polícia Civil.