Polícia Civil prende mulher investigada por roubo; seu companheiro também foi detido por posse ilegal de arma

247

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), cumpriu nesta terça-feira (02), no bairro Vila Martins, município de Goiânia, mandado de prisão temporária em desfavor de mulher suspeita da prática de um roubo de veículo automotor, perpetrado mediante emprego de arma de fogo e concurso pessoas. Segundo apontam as investigações, no dia 13 de novembro de 2020, a investigada, na companhia de outras duas pessoas, uma do sexo masculino e outra do sexo feminino, mediante emprego de arma de fogo, subtraiu um veículo VW FOX de um motorista de aplicativo durante seu trabalho.

Hoje, 02 de fevereiro de 2021, a equipe de policiais civis da DERFRVA deslocou-se ao bairro Vila Martins, Goiânia, para cumprimento do mandado de prisão temporária expedido pela 12ª Vara dos Crimes Punidos com Reclusão. Durante o cumprimento do mandado, o companheiro da investigada opôs-se à entrada dos policiais e, mediante emprego de uma arma de fogo calibre 38 (apreendida nos autos), ameaçou a equipe enquanto proferia impropérios diversos.

Os policias, então, realizaram o adentramento e, utilizando-se dos os meios necessários, conseguiram fazer com que o indivíduo se entregasse e depusesse sua arma. Em seguida, o indivíduo confessou que possuía outra arma e fogo, uma HK 9 mm, sem o devido registro e sem a numeração aparente, que foi apreendida. Além das armas de fogo, também foram apreendidas várias munições calibre 38 e 9 mm, um simulacro de arma de fogo, um par de algemas e dinheiro em espécie.

O mandado de prisão em desfavor da companheira do indivíduo foi devidamente cumprido, bem como houve a prisão flagrante do homem por posse ilegal de arma de fogo com numeração suprimida, ameaça, desacato, desobediência e resistência.