Polícia Civil prende sexto envolvido em latrocínio tentado em Itumbiara; quadrilha também roubou gado da vítima

112

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Crimes Patrimoniais de Itumbiara (Gepatri), coordenado pelo delegado Lucas Finholdt, efetuou o cumprimento de mandado de prisão preventiva nessa quarta-feira (26), na cidade de Capinópolis (MG), de mais um integrante da quadrilha responsável pela tentativa de latrocínio praticada, em uma propriedade rural de Itumbiara (região da Boa Vereda), na manhã do dia 12 de julho deste ano, oportunidade em que 72 cabeças de gado foram roubadas e a vítima, baleada.

Já no dia 21 de julho, poucos dias depois do fato, a Polícia Civil de Goiás, por meio do Gepatri de Itumbiara e da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCC), apoiada pela Polícia Civil de Minas Gerais, efetuou o cumprimento de mandados de prisão preventiva e busca e apreensão em Itumbiara e Ituiutaba (MG), tendo sido presas quatro pessoas, sendo três na cidade goiana e uma na cidade mineira.

Após, no dia 24 de julho, dando continuidade ao intenso trabalho investigativo, em Ituiuitaba, foi realizada a apreensão de parte das cabeças de gado que foram roubadas, sendo identificado o receptador e efetuada a devolução do gado à vítima.

O Poder Judiciário de Itumbiara decretou a prisão de mais um suspeito, após representação da Polícia Civil de Goiás. O investigado, de 42 anos, encontra-se ainda foragido.

No dia 20 de agosto último, em cumprimento a busca e apreensão domiciliar, policiais civis do Gepatri realizaram a prisão de mais um suspeito de 46 anos de idade pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições de calibre. Em interrogatório policial, o suspeito confessou ter cedido a arma de fogo, um revólver calibre 38, a um dos indiciados pela tentativa de latrocínio. A arma foi apreendida e enviada para exames periciais, além de nove munições do mesmo calibre.

Não obstante, na data de ontem (26), em cumprimento ao mandado de prisão preventiva por latrocínio tentado, o Gepatri de Itumbiara, com apoio da Delegacia de Capinópolis (MG), realizou a prisão de mais um indivíduo de 31 anos de idade suspeito de ter sido um dos atiradores. O autuado foi preso no Bairro Floresta II, na cidade de Capinópolis, tendo sido recolhido no Presídio Regional de Itumbiara/GO.

Assim, a investigação do latrocínio tentado resultou na prisão de seis suspeitos, além de mais um foragido com mandado preventivo pendente, recuperação de produto do crime (gado e objetos) e apreensão de uma arma de fogo que foi utilizada no delito.