Polícia Civil prende suspeitos de receptação de carga de celulose; flagrante foi feito pela Deic em Caldas Novas

191

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu em flagrante, na noite da última quinta-feira (16), na cidade de Caldas Novas, dois indivíduos pela prática do crime de receptação qualificada.

As prisões decorreram de diligências investigatórias que visavam identificar a autoria de crime de estelionato praticado por indivíduos que se passavam por representantes de uma empresa do estado de Minas Gerais. Em seu nome, eles negociaram uma carga de celulose com uma empresa de Brasília (DF). Ficou acertado que a carga seria entregue, em um endereço, em Caldas Novas. Em contato com o real representante da empresa mineira, não houve reconhecimento da compra.

Cientificados do ocorrido, os policiais civis diligenciaram até o local da entrega, onde conseguiram prender os receptadores no momento em que a carga, avaliada em mais de R$ 8 mil, era retirada do caminhão e ocultada na residência de um deles.

A notícia do crime foi apresentada pela própria vítima que realizou uma venda, da qual posteriormente desconfiou, e, em contato com o comprador declarado na compra, o mesmo afirmou não tê-la realizado, confirmando que de fato foi feita por alguém se passando por ele.

Os presos foram trazidos à DEIC, em Goiânia, e após autuados foram recolhidos à Delegacia de Capturas (DECAP), à disposição da Justiça. O inquérito policial deve ser concluído em até dez dias e será remetido ao Poder Judiciário da Comarca de Caldas Novas.