Polícia Civil resgata cães vítimas de maus-tratos no Parque Atheneu

77

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), foi acionada pela equipe da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) de Goiânia, na última quinta-feira (18), durante fiscalização de denúncia de maus-tratos a animais em uma residência, localizada no Parque Atheneu, em Goiânia. No local foram identificadas três cadelas, estando uma delas em estado grave, deitada em uma poça de lama sem conseguir se levantar. Outra cadela estava presa por uma corrente curta, sem acesso a água e também desnutrida, e a última com pelos cheio de bolores, extremamente embaraçados, e no local havia bastante sujeira, lixo e fezes.

Diante dos fatos, e pela situação grave dos animais, eles foram encaminhados para a Clínica Veterinária Popular, que deu apoio à Polícia Civil, onde duas das cachorras permanecem internadas. Porém, a que estava em estado mais grave não resistiu e veio a óbito no domingo 21.

A Dema instaurou inquérito policial visando apurar a prática do crime de maus-tratos, conforme art. 32, § 1º-A e § 2°, da Lei 9605/1998, cuja pena pode chegar até 06 anos e 08 meses de prisão, devido ao resultado morte. O fato está sendo apurado. Vale informar que é responsabilidade do tutor do animal mantê-lo em local limpo, com abrigo da chuva e do sol, água limpa disponível, alimentação adequada e ainda providenciar atendimento médico veterinário sempre que o animal necessitar, sob pena de responder pelo crime de maus-tratos a animais.