Preso condenado por latrocínio em Goiânia que ficou foragido por 17 anos

428

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos da Delegacia de Investigações Criminais – GAB/DEIC, prendeu, no dia 27 de setembro, Cláudio Soares dos Santos, de 36 anos. Tal indivíduo, na companhia de outros dois criminosos, cometeu um roubo e um latrocínio no ano de 2002, no Setor Parque das Laranjeiras, nesta capital, e desde então estava foragido.

As investigações tiveram andamento e Cláudio foi processado, julgado e condenado a penas que, somadas, superam 10 anos de prisão. As investigações dão conta que após a prática dos crimes, o autor mudou-se para o Maranhão, embora constantemente regressasse à sua cidade natal, Campos Belos /GO. Durante esse período, Cláudio assumiu uma nova identidade e se passava por outra pessoa, utilizando, para tanto, documentos falsos.

Após informações de que estaria em Campos Belos-GO, a Polícia Civil realizou diligências naquele município, efetuando sua prisão, oportunidade em que foram cumpridos dois mandados de prisão em seu desfavor. Segundo a delegada Mayana Rezende, titular da especializada, a localização do suspeito foi possível em razão do compartilhamento de informações com o Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras da Polícia Civil do Maranhão (DCRIF), que investiga o seu envolvimento também em roubos a instituições financeiras e a carros-fortes naquele estado.