Preso suspeito de atropelar e matar torcedor do Goiás motivado por rivalidade de torcidas

102

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios, cumpriu, no dia 22/10/2021, mandado de prisão temporária em desfavor de um homem de 31 anos por homicídio qualificado. Ele é suspeito de, no último dia 13 do mês de agosto, de forma intencional e usando o próprio veículo, perseguir, atropelar e matar o torcedor do Goiás Gabriel Inácio Itacarambi, de 26 anos.

Inicialmente, o caso foi registrado como possível crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, sendo que após o registro e as diligências policiais, foi possível identificar que a vítima foi perseguida em sua moto por aproximadamente 3 quilômetros por um torcedor da organizada do time do Vila Nova. No momento em que teria chegado na Avenida T2, de forma intencional, o investigado arremessou seu carro contra a motocicleta da vítima, que colidiu com um poste. O motociclista veio a óbito no local.

De acordo com as investigações, após atropelar a vítima, outros indivíduos que estavam com o investigado ainda desceram de outro veículo e chutaram a motocicleta da vítima e a própria vítima, abandonando o local sem prestar nenhum tipo de socorro. Ainda conforme as diligências, o preso e outros comparsas, todos membros da torcida organizada do Vila Nova, teriam monitorado a vítima por mais de uma hora, antes do crime.

No dia da prisão do investigado, ele ainda foi autuado por tráfico de drogas, pois foi encontrado na posse de entorpecentes prontos para a comercialização, ocasião que confessou a traficância para a equipe policial.