Presos suspeitos de fazer parte de quadrilha que enviava drogas e armas para o nordeste

467

As Polícias Civis de Goiás e do Sergipe prenderam três homens suspeitos de fazer parte de uma organização criminosa que vendia armas e drogas. O trio foi detido na manhã desta segunda-feira (15) em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. A operação que mirou o grupo pela primeira vez ocorreu no Sergipe ainda em setembro de 2012.

Segundo a Polícia Civil de Goiás, dois dos presos são os irmãos Aduilson Góis Oliveira, conhecido como “Galego”, e Ademir Góis Oliveira, também chamado de “Demir” ou “Galeguinho”. Eles são apontados pelas investigações como os líderes da organização criminosa. Durante o cumprimento dos mandados de prisão, foram achados cocaína e máquinas para processar o produto antes da venda.

O terceiro preso, também segundo a Polícia Civil, é Lucivaldo Fernandes da Silva, apontado pelos policiais como o responsável pela logística do grupo, que enviava cargas milionárias em armas e drogas para o Sergipe e outros estados do Nordeste do Brasil.  Há registros de assaltantes de bancos que eram clientes da organização, presos com armamento pesado.