Suspeito de matar traficante após discussão em distribuidora de bebidas é preso 

134

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), cumpriu a prisão temporária, no dia 23 de setembro deste ano, de Danilo Aparecido de Oliveira Silva, 33 anos, suspeito pelo homicídio de Júlio César Alves Fernandes, 19 anos, morto com golpe de canivete, na data de 22 de maio.

De acordo com as investigações, o suspeito adquiriu “maconha” de Júlio César e passou a fumar ali mesmo, na esquina de uma distribuidora de bebidas, no Setor Leste Vila Nova, local em que o comércio ilegal era praticado. Por conta disso, foi advertido por Júlio César para que não usasse a droga no local, pois “queimaria seu ponto”. Os dois então passaram a discutir, até que o suspeito desferiu um golpe de canivete da vítima. Imagens de câmeras de segurança captaram o fato e auxiliaram os policiais civis a identificarem o suspeito.

Logo após o crime, o suspeito deixou Goiânia, permanecendo foragido desde então. Após monitoramento, ele foi localizado e preso pela equipe da DIH na cidade de Goianápolis. Interrogado, o suspeito confessou o crime.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 547/2021- PC e Despacho do Delegado de Polícia responsável pela investigação, especialmente porque visa ao surgimento de novas testemunhas, encorajadas a contribuir com as investigações com a prisão do suspeito.