Suspeitos de homicídio são presos em flagrante; morte foi em Goiânia, mas o cadáver foi ocultado em Aparecida

1055

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), coordenada pelos Delegados de Polícia Rilmo Braga e Rhaniel Almeida, prendeu em flagrante nesta data dois homens suspeitos pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. Igor dos Santos Pereira (de camisa azul, na foto) foi autuado e indiciado pelo homicídio da pessoa de Gedeon Cândido de Oliveira, morto dentro de sua quitinete.

Com a ajuda do autuado e indiciado Nilton Silva (camisa preta, na foto), o corpo da vítima foi retirado da casa – conforme imagens de câmera de segurança – e desovado às margens da BR 153, em Aparecida de Goiânia. Os suspeitos teriam usado o veículo Corsa apreendido para desovar o cadáver, o qual foi localizado com manchas de sangue e foi periciado. 

Logo após a descoberta do corpo, os policiais civis conseguiram identificar os supostos autores e prendê-los em flagrante, em uma quitinete no Setor Nova Vila, em Goiânia. Durante o interrogatório, ambos confessaram o crime. Os dois afirmaram ainda que pretendiam fugir para o Pará amanhã. O suspeito pelo homicídio ainda possuía mandado de prisão em aberto pelo crime de tráfico de drogas, expedido pela Justiça de Marabá (PA).

A motivação para o crime seria uma antiga rixa entre autor e vítima pela disputa de espaço pela venda de água na região da Avenida 44, Setor Central da capital.