Esquadrão de Drones da PCGO ministra curso para novos operadores e instrutores de RPAs (drones) para Servidores da Polícia Rodoviária Federal 

191

Foi encerrado ontem, quinta-feira (24), o 1º Curso de Operadores e Instrutores de RPAs (Drones) para Servidores da Polícia Rodoviária Federal – PRF/GO, ministrado pelos Instrutores do Esquadrão de Drones da Polícia Civil de Goiás. O curso foi realizado entre os dias 21 e 25 de Junho de 2021, com aulas teóricas na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais em Goiás – Sinprfgo, e aulas práticas no clube dos policiais rodoviários federais em Goiás, contanto com a participação efetiva de 17 servidores da PRF/GO e uma policial civil de Alagoas. O curso foi uma parceria através do núcleo de educação corporativa da PRF em Goiás e a Escola Superior da Polícia Civil de Goiás (ESPC).

O curso contou com aulas sobre legislação, funcionalidades dos drones, comando do rádio controle, sistema GNSS, noções de teoria de voo, segurança de voo, baterias, meteorologia, planejamento de voo, tecnologias, noções de fotografia e edição de imagens, além de aulas práticas em simuladores de voo e prática de pilotagem. Um dos objetivos principais do curso foi apresentar ao aluno instrutor o uso do drone como ferramenta importante nas operações da Polícia Rodoviária Federal e de disseminar a cultura no uso de aeronaves remotamente pilotadas (RPAs) entre as forças de segurança.

O Esquadrão de Drones da PC foi criado através da portaria 1.278/18 – DGPC, pela necessidade de se regulamentar as aeronaves (drones) no âmbito da polícia civil. Após várias reuniões, iniciadas em agosto de 2018, foi criado um grupo de estudo com a finalidade de conhecer as nuances legais e operacionais no uso de RPA país. Como resultado deste trabalho foi elaborado a Instrução Normativa 01/18 que regulamenta o uso de RPAs na Polícia Civil, o Procedimento Operacional Padrão (POP) e planilhas de chek list (Pré e pós voo). O esquadrão de Drones da PC já formou diversos alunos das policias civis de Goiás, Mato Grosso do Sul, Sergipe, além da formação de Policiais Militares, do Exército e Policiais Penais de Goiás.