Estreia do “TBC Memória” vai contar a história de Maria Augusta Jungmann, primeira mulher do alto escalão da Polícia Civil de Goiás

107
Foto: à esquerda, Maria Augusta Jungmann. À direita, o edifício da Chefatura de Polícia, na década de 1940

Especial jornalístico da TV Brasil Central, que iniciou como quadro dos telejornais da emissora, o TBC Memória vai ganhar vida própria, como programa, que estreia no próximo sábado, 3, às 12h30, e reprise no domingo, 4, às 12h.

Com duração de 15 minutos, o primeiro episódio contará a história de Maria Augusta Jungmann, primeira mulher a figurar no alto escalão da Polícia Civil em Goiás. Entre os anos de 1937 e 1942, ela foi oficial de gabinete de Galeno Paranhos, então chefe da polícia goiana, cuja sede está sendo reformada na Praça Cívica, no centro da capital.

A história de Maria Augusta será relembrada pela filha, a socióloga Ana Christina Cratz, que conversa com o apresentador Enzo de Lisita. Segundo o jornalista, o programa iniciará uma série alusiva ao aniversário de Goiânia, comemorado em 24 de outubro.

“A ideia do programa é recuperar esses personagens importantes, homens e mulheres esquecidos na construção de Goiás. Daí o mote que usamos de ser um programa ‘ajudando a preservar a memória de Goiás’”, comentou Lisita. Com ele na produção estão Célio Silveira, Norma Leitte e Fausto Borges.

De acordo com Mazé Alves, coordenadora do Núcleo de Conteúdo da ABC, o TBC Memória seguirá como quadro fixo dos telejornais TBC 1 e TBC 2, mas ganhou o status de programa em função de sua linguagem inovadora. Nos telejornais, o quadro vai ao ar sempre às quartas-feiras.

Fonte: ABC Digital