GIH e Genarc de Novo Gama prendem investigado que mantinha mudas de maconha em casa

220

Os policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Novo Gama prenderam, na manhã desta quinta-feira (04), em flagrante de delito, um homem, de 33 anos, pelo crime de tráfico de drogas. Após investigações prévias, foi autorizada a busca e apreensão domiciliar no endereço do suspeito, onde havia denúncias indicando a prática de tráfico de drogas.

Durante a realização da busca, foram encontrados, no quintal da casa, 12 baldes com mudas de plantas de maconha. Na residência, dentro da churrasqueira, foram encontradas diversas porções da droga, já dividida para vendas, e a quantia de R$ 4.150 em espécie. Dentro da geladeira, os policiais também localizaram dois tabletes grandes e outras porções, de tamanho médio, de drogas. Ainda apreenderam equipamentos recém adquiridos, para a construção de uma estufa, que possibilitaria ampliar a plantão de drogas na casa.

Durante a operação, as equipes constataram que o suspeito ostentava um padrão de vida incompatível com a renda fixa mensal declarada, possuindo relógio caro, anéis de ouro e uma caminhonete, avaliada em mais de R$ 100 mil. Além disso, o investigado vivia em uma casa de sobrado que estava em obras de ampliação.

Desta forma, o veículo e outros objetos de elevado valor foram apreendidos, por haver indicativo de terem sido adquiridos com a renda da atividade ilícita. O suspeito já cumpriu pena por tráfico de drogas. Agora, foi autuado novamente, em flagrante, por tráfico de drogas e recolhido ao presídio local.

Delegado Responsável: Danillo Martins.