Mãe e filha são presas suspeitas de receptação; produtos eram vendidos na internet

522

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão e Combate a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), prendeu em flagrante delito, nessa segunda-feira (4), Andressa Andrade Ribeiro e Ana Carolina Andrade Cavalcante, mãe e filha, pela prática do crime receptação. O flagrante se deu após a informação passada pela Unidade de Inteligência (Unint) da 5° DRP de que alguns objetos produtos de furto/roubo estavam sendo comercializados em um site de vendas na internet pelas autoras.

Diante da informação, os policiais do Gepatri de Luziânia deslocaram-se até a residência de Andressa onde encontraram vários objetos que haviam sido furtados ou roubados. Muitos dos furtos ocorreram em templos religiosos.

Após formalização do flagrante, as autoras foram recolhidas no presídio feminino de Luziânia.