Polícia Civil conclui inquérito sobre latrocínio ocorrido em São Francisco de Goiás

195

00No dia 20 de junho deste ano, o corpo de Silvanio de Aquino Ferreira foi encontrado, em sua propriedade rural, localizada em São Francisco de Goiás. A perícia de local de crime verificou que a vítima foi morta com mais de 30 facadas. Desde então, o inquérito policial foi instaurado. Após dezenas de diligências, o procedimento foi concluído hoje (17) pela Delegacia de Políci (DP) de Jaraguá.

Um dos autores foi preso em virtude de prisão temporária e, em seu interrogatório, confessou em detalhes como tudo ocorreu e delatou seu comparsa. O comparsa, de 26 anos, tem mandado de prisão aguardando o cumprimento e está foragido. Os dois eram amigos da vítima, inclusive, frequentavam a chácara dela. Mas, no dia dos fatos, resolveram roubar o próprio amigo Silvanio, já que este tinha o costume de mostrar muito dinheiro aos amigos.

No local, mesmo com os rostos cobertos, eles foram reconhecidos e então, diante do reconhecimento, resolveram esfaquear a vítima até a morte. No dia do crime, Silvanio ainda havia emprestado R$ 100 a um dos autores. O crime comoveu São Francisco de Goiás, já que a vítima era extremamente querida e já tinha exercido cargos políticos na cidade. Os dois foram indiciados pelo crime de latrocínio. A Polícia Civil procura agora pelo foragido.