Polícia Civil conclui investigação de latrocínio ocorrido perto do Samu de Formosa

144

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Formosa, concluiu nessa segunda-feira (10) as investigações referentes ao crime de latrocínio tentado ocorrido nas proximidades do Samu. Segundo as investigações, no dia 03 de julho deste ano, por volta das 09h32min, no Parque Laguna II, uma senhora que transitava pelo local foi violentamente agredida com um golpe de faca, socos e chutes, logo após a exigência de seus pertences. Após entregar o aparelho celular e a bolsa, o autor fugiu do local. Em seguida, a vítima contou com o apoio de populares para que fosse encaminhada ao hospital a fim de receber atendimento médico.

Após a elucidação do delito, constatou-se que o agressor era um adolescente de 16 anos, com várias passagens por atos infracionais. A Polícia Civil representou pela internação do adolescente, a qual foi cumprida no dia 28 de julho. O infrator encontra-se internado à disposição do Poder Judiciário.