Polícia Civil conclui investigação sobre entrada de drogas no presídio de Catalão; dois são presos em flagrante

67

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão, após quatro meses de investigação, finalizou ontem (22) inquérito policial a respeito de uma dupla de investigados que teria se associado para passar drogas (maconha) no presídio de Catalão.

A equipe do Genarc identificou dois suspeitos que seriam responsáveis por tentar burlar a fiscalização e fazer com que os entorpecentes chegassem ao interior da cadeia pública. O Genarc representou ao Poder Judiciário por mandados de prisão preventiva em desfavor desses investigados e a medida cautelar foi deferida.

Um dos autores, de 26 anos, já se encontra preso em razão de operação policial do próprio Genarc realizada meses atrás, mas ainda faltava o mentor intelectual do esquema criminoso, um suspeito de 28 anos de idade. Na manhã de ontem, ele foi capturado e, no momento de sua abordagem, se encontrava num veículo em companhia de outro suspeito, de 20 anos. Durante busca realizada no interior do veículo, dentro de uma mochila, foram encontradas diversas porções de maconha devidamente individualizadas e fracionadas para distribuição.

Assim, a droga foi apreendida, os suspeitos receberam voz de prisão e foram autuados em flagrante delito pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ainda em desfavor do investigado de 28 anos, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva expedidos pela prática anterior de tráfico de drogas.