Polícia Civil e Procon fazem operação em Mineiros contra aumento abusivo de preços nos supermercados

377

Os policiais civis de Mineiros e os agentes do Procon Municipal realizaram, na tarde dessa terça-feira (24), uma grande operação de fiscalização no comércio local visando identificar eventual aumento abusivo de preços, especialmente de mercadorias da cesta básica.

Num supermercado foram identificados indícios de aumento em mais de 40% no preço do feijão em relação ao valor que era praticado em fevereiro. O quilo passou de R$ 6,49 em fevereiro para R$ 8,49 em março, enquanto o custo teria aumentado apenas R$ 0,02 no mesmo período.

O empresário foi intimado a prestar esclarecimentos na delegacia. Durante a lavratura do procedimento de investigação, ele apresentou outra nota de compra do produto, com preço maior que, segundo ele, justificaria o aumento.

Foram apreendidos 189 quilos de feijão. O Procon também lavrou procedimentos administrativos. 

A Polícia Civil esclarece que o aumento injustificado de preços pode ser considerado crime contra e economia popular e, por isso, continuará com as diligências, principalmente nesse momento de crise causada pelo coronavírus.