Polícia Civil prende empresário em Chapadão do Céu por suposto estelionato e apropriação indébita contra 38 vítimas

184

Na manhã desta terça-feira, 20 de outubro, os policiais civis de Mineiros e de Chapadão do Céu efetuaram a prisão preventiva de um empresário do ramo do comércio de veículos em Chapadão do Céu. Ele está sendo investigado por diversos crimes de estelionato e de apropriação indébita praticados continuamente.

Para cometer os delitos, o empresário teria usado um estabelecimento comercial de compra e venda de veículos. Ele enganava seus próprios clientes, ora deixando de repassar dinheiro da venda ou de financiamento, ora falsificando contratos de financiamento e alienando automóveis que lá estavam para serem vendidos e apoderando do dinheiro.

No inquérito policial, foram identificadas 38 vítimas. O prejuízo total pode chegar a um milhão e quinhentos mil reais.

A prisão preventiva foi decretada pelo Poder Judiciário após a Polícia Civil descobrir que, mesmo depois do investigado ter sido cautelarmente afastado da administração da empresa, ele enganou mais uma vítima, financiando e transferindo a propriedade de uma camionete que estava em sua posse para conserto. Agora, o inquérito será concluído nos próximos 10 dias.