Polícia Civil prende homem que tentou matar ex-companheira, enteada e genro e Pontalina

198

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Pontalina, cumpriu ontem (03) mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, de 35 anos, suspeito de ter tentado matar a ex-companheira, sua enteada e o genro. De acordo com a investigação, na madrugada do dia 26 de agosto último, o suspeito invadiu a casa da filha de sua ex-companheira e ali efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a esta, tendo um dos disparos atingido sua cabeça.

Após atingir a vítima, o autor tentou municiar a arma para efetuar disparos contra a enteada e o genro. Este entrou em luta corporal com o suspeito para desarmá-lo, mas foi atingido com a arma na cabeça e também caiu ferido.

As vítimas relataram que o suspeito tinha muitas munições na mão e tentou municiar a arma para matar todos que estavam presentes, não conseguindo apenas porque foi desarmado pelo genro. Em seguida, o suspeito fugiu em seu carro, mas o veículo apresentou falhas e foi abandonado em um canavial. Durante a fuga, ele deixou no local a arma utilizada no crime, uma garrucha calibre 22.

A ex-companheira do autor, após ser atingida na cabeça, recebeu atendimento médico e sobreviveu. Segundo as investigações, ela já havia procurado a Polícia Civil para registrar ocorrência contra o ex-companheiro por ter sido agredida e ameaçada por ele.

À época do primeiro registro, a vítima requereu medidas protetivas de urgência, garantidas pela Lei Maria da Penha, as quais foram decretadas pelo Poder Judiciário. Porém, o suspeito não respeitou a decisão e os procurou para tentar matá-los.

Após tomar conhecimento do caso, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pelo Poder Judiciário, após parecer favorável do Ministério Público. Cumprido o mandado de prisão, o suspeito foi recolhido na Unidade Prisional de Pontalina e responde a inquérito policial por tentativa de feminicídio contra a ex-companheira e tentativa de homicídio contra a filha da ex-companheira e o genro.