Polícia Civil prende homem que teria simulado mensagens da ex-namorada para não ser indiciado em inquérito em Varjão

91
Print das falsas mensagens

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Varjão, cumpriu nessa terça-feira (22), mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 20 anos por descumprimento de medida protetiva, constrangimento ilegal e fraude processual. Esse homem é investigado em um inquérito por agredir a ex-namorada. Ao ser interrogado, mostrou algumas mensagens em seu aparelho celular nas quais a vítima pedia desculpas, dizendo que tinha se auto lesionado para prejudicá-lo, por ciúmes.

Com essas informações, a vítima passaria a ser suspeita do crime de denunciação caluniuosa, com pena de até 08 anos. Como as mensagens não tinham nenhum contexto com as anteriores e eram de tom forçado, a vítima foi intimada novamente e relatou que fora constrangida a entregar o celular e o que o próprio agressor escreveu as mensagens para si mesmo.

Descoberta a farsa, a autoridade policial representou pela prisão preventiva, que foi deferida e cumprida. Ao ser preso, o suspeito confirmou os atos praticados, justificando que queria encerrar o inquérito policial e melhorar sua situação e também disse que estava ciente das medidas protetivas contra ele.