Polícia Civil prende homem suspeito de agredir e ameaçar companheira; ele jogou um toco de madeira no rosto da vítima

105

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia, prendeu em flagrante na quarta-feira (30), um homem, 38 anos, após ter agredido e ameaçado de morte sua companheira, de 42 anos. A vítima narrou que, no dia 25/09/2020, o companheiro chegou na residência embriagado e pediu que ela esquentasse a comida, porém ela se recusou. Então, ele arremessou uma cadeira de fio contra a mulher, o que ocasionou lesões em sua coxa esquerda.

A vítima não procurou a Delegacia naquela ocasião, pois o companheiro proferiu ameaças dizendo que, se ela denunciasse, quando saísse da cadeia, a mataria.

No dia 28/09/2020, a vítima narrou que o companheiro chegou em casa muito irritado e começou a xingá-la. Não satisfeito, pegou um toco de madeira e arremessou em direção ao rosto da vítima, fazendo com que ela caísse no chão e ficasse descordada por alguns minutos. Depois de retomar a consciência, a mulher saiu correndo para a rua e pediu socorro ao motociclista que passava pelo local. A vítima foi socorrida pelo SAMU e, após receber alta hospitalar, procurou a Deam para denunciar o agressor.

Após diligência, a Polícia Civil conseguiu localizá-lo e efetuar sua prisão em flagrante de delito. O investigado, que possui duas passagens pela polícia por crimes envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher, foi autuado por lesão corporal qualificada pela violência doméstica com incidência da Lei Maria da Penha.