Polícia Civil prende mãe e filho suspeitos de estelionato em Ceres

314

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ceres, prendeu em flagrante, na última sexta-feira (19), mãe e filho suspeitos da prática do crime de estelionato e associação criminosa. No mesmo dia, os policiais civis atenderam uma vítima que narrou que alguém estava realizando compras com seus dados pessoais em um cartão de crédito desconhecido da declarante, tendo uma transportadora chegado à procurá-la para entregar diversos produtos de cama, mesa e banho.

Ao entrevistar a vítima, a equipe levantou a suspeita de que uma inquilina dela, locadora de um imóvel no setor Recanto Verde, em Ceres, teria utilizado seus dados para fazer um cartão e efetuar a compra. A equipe entrou na residência dos suspeitos logo após a transportadora deixar os objetos no local e receber a assinatura da golpista, que assinou o nome da vítima.

No local, a Polícia Civil apreendeu as compras produto de estelionato, um caderno de 10 matérias repleto de anotações com dados pessoais e bancários de inúmeras pessoais físicas, a maioria idosos, comprovantes de saques, depósitos e transferências bancárias para contas de vários Estados do Brasil, anotações de como aplicar o golpe e uma maquineta de cartão, tudo encontrado em poder de mãe e filho.

A Polícia Civil já havia recebido denúncias anônimas de que os dois atuavam de forma associada na prática de estelionatos, sendo que se alternavam nos golpes a depender da vítima ser homem ou mulher.

Conduzidos à Delegacia, foram autuados por estelionato e associação criminosa. Interrogados, o filho negou a prática dos crimes enquanto a mãe assumiu toda autoria do estelionato e indicou a participação de uma terceira pessoa. Mãe e filho foram recolhidos na Unidade Prisional de Ceres, à disposição do Poder Judiciário.